Segurança para residência

Você precisa cuidar do bem mais precioso, sua família. Durante a sua permanência em casa ou mesmo em sua ausência, é necessário prevenir os riscos a que estão expostos. Para isso, conte com a Prosec Segurança, que pode desenvolver um de acordo com sua necessidade e o tamanho de sua residência.

Para impor barreiras e inibir a presença de ladrões você pode ter alarmes, circuito fechado de TV, monitoramento de imagens, cerca elétrica e até mesmo automatizar alguns dispositivos, como acendimento de luz à distância e atendimento do interfone mesmo não estando em casa.

Já imaginou verificar como está o entorno da sua casa antes mesmo de acionar o portão automático? Isso é possível e muito eficaz.

Consulte nossos especialistas e faça um projeto. É para sua segurança!

Mesmo com um projeto de segurança instalado em sua residência, fique atento às dicas do nosso parceiro, consultor José Elias de Godoy, da empresa Suat:

Ao sair de casa, verifique se todas as portas e janelas estão bem fechadas.

Solicite a um vizinho para estar atento a qualquer movimento ou barulho suspeito e, se necessário, chamar a polícia.

Nunca deixe portas e portões abertos, nem por pouco tempo.

Alarme interligando a casa de parente ou vizinho confiável, é sempre eficaz além de empresas especializadas em monitoramento.

Ao adentrar ou sair de sua garagem, observe o fechamento do portão eletrônico, pois os marginais se aproveitam para entrar sorrateiramente e posteriormente agir.

Ao retornar do trabalho ou das compras e notar alguma coisa estranha, como luz acesa, portas ou janelas abertas ou algum sinal suspeito não entre em casa e comunique-se com a polícia o mais rápido possível.

Proteja a entrada da cozinha, pois arrombamentos são mais comuns pelos fundos.

Não guarde dinheiro ou objetos de valor em casa. Faça seguro e deixe-os em cofre de banco.

Ao viajar, avise seu vizinho e dê seu telefone para recados, caso não possa deixar uma pessoa conhecida como caseiro.

Ao viajar, comunique o fato a pessoa de sua inteira confiança. Se a ausência for prolongada, cancele serviços contratados e encomendas com uma semana de antecedência. Combine com vizinhos a coleta de correspondência e das encomendas que não puderam ser canceladas.

Não comente com pessoas estranhas que irá viajar.

Não deixe à vista das janelas objetos que despertem a atenção de sua casa.

Nunca deixe escadas ou outros objetos no quintal que facilitem o acesso ou saída de sua residência.

Não diga seu nome por telefone antes que a outra parte se identifique devidamente, tendo o cuidado de não dar informações ou pistas a pessoas mal intencionadas.

Não admita o ingresso de pessoas estranhas em sua residência. Sempre exija credenciais de carteiro, leitores de hidrômetro e energia elétrica e funcionários de companhia telefônica.

Ao contratar empregados, prefira aqueles que apresentarem referências.

Oriente sua empregada para que não comente com estranhos ou outros empregados os bens que a família possui, assim como hábitos da família.

Não confie a empregados todas as chaves da casa, e em caso de demissão, procure substituir cadeados e fechaduras.

Não deixe luzes acesas durante o dia, pois significam ausência de pessoas. Em casos específicos procure instalar um timer com programação alternada, o que permitirá acendê-las e apagá-las em horários diferenciados.

Ensine as crianças a pedirem o nome e o telefone de quem está ligando e a informar que o pai ou o responsável retornará a ligação posteriormente.

Ao chegar em casa desconfie se notar a presença de alguma pessoa estranha parada nas proximidades.

Fique sempre alerta à presença de estranhos na vizinhança.

Procure deixar o carro sempre trancado e evite deixar objetos, sacolas ou pacotes em seu interior, mesmo estando dentro da garagem.

Equipamentos de segurança instalados na casa devem ser testados periodicamente: alarmes, sensores de movimento e câmeras de vigilância.

Tenha sempre em mãos os telefones de emergência da polícia e memorize a localização da delegacia e bases da PM mais próxima da residência.